terça-feira, 7 de dezembro de 2010

If I tell anyone who you are, they will run and they'll keep running.

As cores tornam-se baças, sem brilho, ofuscas, tornam-se perto e longe como um avião a aterrar visto pela janela do nosso quarto e como a lua sobre nós, tão perto e tão longe, dia após dia esses vão perdendo o brilho ... Tal como tu aos meus olhos.


- E é como se fosses um espelho meu, vazio, perplexo.
Sinto que ficou muito por dizer.



4 comentários: