quarta-feira, 12 de outubro de 2011

He convinced me I was him.

Passos. Anseio por eles, como se tivessem ao virar da esquina mas nunca estão, já mais irei voltar a ouvir esses passos, ansiosos passos, nunca nenhum som ficou tão vivo e vazio como os teus passos. É como se metade do que estivesse preso se fosse.
Não irei correr para os ouvir, não olharei para os descobrir, houve um fim a isso tudo, um fim com para sempre.


 
Without having a reason, without remember it, I'm forgettin', I can't forget. With sorrow you don't forget but sometimes you get to a point were you get so accustomed to it that it's hard to remember. To still remember I will need to be happy just for a second to bring everything down again.
I don't want to bring everything down again, but I always do that, every year I forget and when I start to forget, something catastrophic need to happen to wake up again.

Sem comentários:

Enviar um comentário