domingo, 30 de junho de 2013

Junho and some works

A dor entra por um pensamento sem fundo.
Num piscar de olhos
O caos consome num segundo.
O vazio faz desaparecer sonhos,
Quem amámos acabam por ficar estranhos
Encurralados em entulhos de prisões
Arrancam-nos pedaços de carne sem emoções.